terça-feira, 14 de setembro de 2021

Antes de ser executada com tiros na cabeça, jovem compartilhou recado do CV nas redes sociais;


 
Foto: Reprodução
Manaus (AM) – A adolescente Juliana Vitória Souza da Silva, de 15 anos de idade, foi brutalmente assassinada com tiros na cabeça na tarde do último sábado (11). O crime aconteceu rua Canário, bairro Cidade de Deus, zona Norte da capital amazonense.

Diante do mistério que cerca o assassinato precoce da jovem, um post dela no Facebook passou a ser amplamente compartilhado. Na publicação, Juliana fazia apologia ao Comando Vermelho (CV) e pode ter sido morta por simpatizar com  a facção.  

A publicação decretava a morte de um jovem que estava cometendo uma série de assaltos em Manaus, e ainda oferecia mil reais a quem cometesse o crime.

No entanto, somente a investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) poderá apontar se a morte de Juliana teve alguma ligação com a guerra do tráfico que aterroriza a cidade Manaus.  

Atualmente, o maior rival do Comando Vermelho (CV) é o Cartel do Norte (CDN).

Com informações do site: CM7 BRASIL