segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Com potencial pandêmico, vírus Nipah tem taxa de mortalidade de 75%


 
Foto: Reprodução

Um garoto de 12 anos foi uma das primeiras vítimas registradas do vírus Nipah na cidade de Kozhikode, localizada no Sul da Índia.

A imprensa local noticiou que os pais do garoto procuraram atendimento médico ao perceber uma febre alta, que já durava mais de uma semana. Ao chegar ao hospital, o quadro evoluiu para um inchaço cerebral, levando a morte.

Segundo cientistas, o vírus Nipah tem potencial pandêmico e uma taxa de mortalidade de 75% que está preocupando autoridades de saúde local.

Os especialistas informaram que este vírus tem uma taxa de transmissibilidade inferior comparado ao novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Como o vírus Nipah ataca?
O vírus Nipah se inicia com dor de garganta, tosse, dores no corpo, fadiga e encefalite. O quadro pode evoluir para inchaço do cérebro, convulsões e morte.

A OMS emitiu um alerta para as autoridades de saúde da Índia, que rapidamente isolaram as 200 pessoas que tiveram contato com o garoto.

O vírus está classificado entre os 10 mais perigosos do continente. A Ásia já registrou outros surtos do vírus Nipah, que é transmitido através de morcegos, porcos e contato entre humanos.

Com informações do site: br104