sábado, 4 de setembro de 2021

Idosa é presa suspeita de esquartejar marido e concretar corpo na parede, na Grande BH


 


Foto: Reprodução

Uma mulher de 62 anos foi presa, na tarde desta terça-feira (31), suspeita de matar e esquartejar o marido, de 55, no bairro Florença, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Inicialmente, a polícia havia dito que ela tinha 70 anos, mas a idade foi corrigida na coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (1º).

Segundo informações de um policial civil que acompanha o caso, após o crime, a idosa ainda teria concretado o corpo de Dilson Bicalho, de 55 anos, na parede da casa onde eles moravam. O assassinato teria acontecido há 20 dias.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e utilizou picaretas, enxadas e pás para encontrar, no fundo de uma cova rasa localizada na parede da sala, os restos esquartejados da vítima. Eles foram recolhidas para o Instituto Médico Legal, no bairro Gameleira, Região Oeste da capital.

A motivação do crime e os detalhes da prisão não haviam sido divulgados pela polícia até as 22h05 desta terça-feira. Foram divulgados em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (1º).

A identidade da suspeita também não foi divulgada.

Ainda de acordo com o policial, o casal veio da cidade de Caratinga, na Zona da Mata, para morar em Ribeirão das Neves. Eles eram casados há 30 anos.

A idosa foi encaminhada para a delegacia de Ribeirão das Neves.


Com informações do site: G1