quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Lívia Andrade se pronuncia após ser filmada em teste de DNA do filho do namorado


 
Foto: Reprodução
Depois de ser filmada aguardando o filho de seu namorado, Marcos Araújo, ser submetido a um teste de DNA, Lívia Andrade resolveu se pronunciar em seu Instagram.  "Eu tô há um ano passando uma situação muito difícil da minha vida. Eu venho sendo perseguida, atacada, eu fui julgada pelo tribunal da internet e fui condenada pelos juízes. É muito difícil passar por isso, porém, acho importante estar aqui. Até os meus advogados me incentivaram a falar aqui com vocês. Estou recebendo muita mensagem, mais uma vez. Aliás, nunca pararam, desde que eu fui envolvida em uma história que não é minha. Nesse ambiente onde eu fui exposta, onde crianças foram expostas, onde famílias foram expostas, onde funcionários foram expostos, é um ambiente geralmente onde as pessoas vão fazer perícia.  Então a pessoa entra para fazer a perícia e geralmente os acompanhantes ficam do lado de fora, aguardando. É um ambiente tenso. Não é legal, não é gostoso estar ali. É tudo muito difícil. Eu nunca imaginei que alguém fizesse um vídeo desse momento. Até porque, tem tanta gente ali, tanta família ali, que ninguém está afim de ser exposto. Não é uma festa ou um passeio no parque", disse.

Lívia continuou seu desabafo: "Eu nunca pensei que precisasse dar satisfação de aonde estou indo, com quem eu estou... Isso nunca fez parte do meu dia a dia, nunca fez parte das minhas redes sociais. Vocês sabem muito bem disso. Meu padrão não mudou. Continua o mesmo. Minha vida não mudou, continua a mesma e assim segue o baile. Porém, eu estou sendo perseguida e me sinto quase que na obrigação de vir aqui me explicar e falar sobre uma coisa que é a coisa mais normal do mundo, que é acompanhar uma pessoa que você está em momentos felizes e em momentos tristes. Acho que é isso o que a gente espera de um relacionamento normal e saudável. É bem desgastante estar aqui falando isso. Tem coisas que não me dizem respeito. Eu estou aqui para me defender desde a primeira vez. Já que me colocaram nessa história, eu vou até o fim. Só que eu vou pelo certo. Vamos esperar porque na Justiça não é só a gente falar. A gente tem que provar. As pessoas vão analisar e ver quem tem a razão ou não.  Não cabe a mim nem a você".


Com informações do site: O DIA