quarta-feira, 1 de setembro de 2021

'Majestade' do tráfico é presa em Gramado e tenta morder policial civil


 


Foto: Reprodução

“Majestade”. Era assim que a jovem Valeska Pereira Monteiro, de 27 anos, era conhecida. Mas o título refere-se à participação dela no tráfico de drogas no Ceará. Com o dinheiro obtido de forma ilícita, conforme apontam as investigações, a mulher ostentava vida de luxo.

Mas ela foi presa em Gramado, no Rio Grande do Sul, na última quinta-feira (26). Ao ser detida, tentou morder um policial civil que participava da operação. De Gramado, onde descansava, ela foi transferida para Fortaleza.

Histórico

Conforme a Polícia Civil, a ficha criminal de "Majestade" é grande. Ela seria uma espécie de "braço financeiro" de um grupo criminoso e tem antecedentes criminais por roubo, associação criminosa, crime contra a fé pública e tráfico de drogas.

Em 2014, "Majestade" já havia sido capturada por liderar uma quadrilha que roubava casas e estabelecimentos comerciais em Fortaleza. Delegado de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Klever Farias, revelou que desde 2020 Valeska era monitorada pela polícia.

Ela chegou a ser capturada e teve que usar tornozeleira eletrônica, mas rompeu o equipamento de monitoramento.

Com informações do site: otempo