terça-feira, 21 de setembro de 2021

Mulher acusa empresa área de matar seu cãozinho durante voo São Paulo-Rio: ‘devastados’


 
Foto: Reprodução

Gabriela Duque Rasseli mora no Rio de Janeiro e comprou um cão da raça Golden Retriever de um canil de São Paulo. O animal foi enviado à tutora em um voo da Latam no sábado (18). O voo LA 3842 chegou ao aeroporto do Galeão, no Rio, às 13h53. O cãozinho foi entregue à Gabriela por volta das 15h10.

O canil havia postado uma foto do cão durante o embarque em São Paulo. Ele aparentava estar saudável. Na chegada ao Rio, porém, o animal estava muito diferente. Gabriela postou uma foto do cãozinho deitado no chão, pouco antes de morrer.

O desabafo no Instagram está repercutindo e já ultrapassou a marca de 460 mil curtidas. “Infelizmente estou aqui hoje para falar de uma coisa horrível. A Latam assassinou meu cachorro”, começa Gabriela no texto publicado na rede social.


A jovem de 24 anos afirmou que não teve tempo de conhecer o animal que chegou quase morto ao Rio de Janeiro. A mulher afirma ainda que o cachorro foi deixado no calor. “Eu e minha família estamos devastados”, desabafou. Gabriela também clama por justiça em seu texto.

Muitos internautas concordaram com Gabriela e pediram justiça. Outros contaram casos parecidos que aconteceram com seus animais. “Tive sérios problemas para transportar meu gato do Rio pra Salvador pela Gol! Paguei caríssimo (praticamente o peço da minha passagem) para ele ir em cima e na hora da decolagem queriam colocar junto com as malas”, escreveu a internauta Anny Escobar.

A Latam se manifestou por meio da assessoria de imprensa e negou que houve maus-tratos.

Com informações do site:  i7news - Diogo Marcondes