quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Mulher consegue arrecadar R$ 115 mil após fingir ter câncer terminal, mas farsa é descoberta


 
Foto: Reprodução


As ‘vaquinhas virtuais’ são plataformas que estão sempre ajudando pessoas em dificuldade. Através destas plataformas é possível arrecadar dinheiro para realizar um tratamento médico, acabar a construção de uma casa, entre tantas outras possibilidades. O problema é que algumas pessoas acabam aproveitando da boa-vontade dos outros para enganar e conseguir ajuda sem precisar.

Foi o caso de uma mulher de 28 anos, ela fingiu que tinha câncer terminal e deixou os internautas comovidos. Ela criou um perfil em um site de financiamento coletivo, onde pediu ajuda financeira para o tratamento.

Megan Scotcher conseguiu tocar o coração de muitos e chegou a receber cerca de R$ 115 mil em doações. Muitos desconhecidos ficaram sensibilizados com a situação da mulher que mora em Derbyshire, na Inglaterra e ajudaram com generosos depósitos.

Inclusive teve uma pessoa que resolveu ajudar na tal campanha de forma inusitada e percorreu mais de mil quilômetros de bicicleta, conseguindo chamar a atenção de mais pessoas e com isso arrecadou muito mais dinheiro.

Os depósitos foram feitos por muitos meses, só que a fraude acabou sendo descoberta e agora, Megan foi condenada a quase um ano de prisão, porém, a Justiça determinou suspender a pena pelo período de 12 meses e a inglesa ficará sob observação.

“Você contou uma mentira terrível para sua família e seus amigos”, disse o juiz Steven Coupland a Megan Scotcher. O juiz afirmou ainda que a mulher fez algo muito sério, causando transtorno a muitas pessoas que generosamente contribuíram e agora se sentem exploradas.

Uma curiosidade, é que Megan já teve câncer e se curou. Desta vez, ela está bem de saúde, mas conseguiu enganar a muitos. Não foi informado como o dinheiro será devolvido aos doadores.

Com informações do site:  i7news - Russel