quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Professor universitário desvia R$ 65 mil de pesquisa para instalar persiana em mansão


 
Foto: Reprodução
Um professor está sendo investigado pela Polícia Federal por suspeita de alugar uma mansão em um bairro nobre de Brasília com o dinheiro que deveria ser investido em pesquisas. A residência tem 950 m², sete quartos, seis vagas na garagem, três andares e elevador.

Paulo Henrique de Souza Bermejo, que faz parte da Faculdade de Economia Administração e Contabilidade (Face), da Universidade de Brasília (UnB), está sendo apontado como integrante de um esquema responsável pelo desvio de recursos de projetos pagos pela Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

De acordo com o site Metrópoles, apurações feitas pela PF dão conta de que o docente teria decorado o imóvel com o dinheiro desviado. R$ 65 mil teriam sido usados em persianas e R$ 19 mil em blindex. Além disso, acredita-se que ele gastou R$ 19 mil na Apple Store e R$ 15 mil no iPlace.

Com informações do site: BNEWS