sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Vídeo: amigo de Romarinho Mec é morto perto de velório do cantor no AM


 
Foto: Reprodução
Manaus - A despedida do cantor Romário de Jesus, o "Romarinho Mec" ou "Bruxo do Forró",  que tinha 27 anos, executado na madrugada desta quinta-feira (9) foi marcada por mais violência. O velório do artista amazonense estava marcado para acontecer no inicio da noite de hoje, mas antes mesmo do começo da cerimônia, no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (distante 27 quilômetros da capital),  um tiroteio causou um novo rastro de sangue.  

Marco Ilguinner Paiva de Menezes, 24 anos, amigo do cantor, foi executado durante um ataque criminoso ocorrido na localidade. Conforme testemunhas, a vítima foi surpreendida por pistoleiros que já chegaram atirando contra um grupo de pessoas que aguardava a chegada do corpo de Romarinho Mec no local do velório. 

"Illguinner Menezes", como era conhecido nas redes sociais, chegou a fazer registros da concentração das pessoas antes do tiroteio. 

Ferido, Illguinner foi socorrido e encaminhado ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Joventina Dias, mas acabou não resistindo aos ferimentos

Após o atentado, equipes da Força Tática foram enviadas ao município para reforçar a segurança. "Esses amigos da primeira vítima que estavam aqui na frente do velório estariam envolvidos com o tráfico de drogas. Eles chegaram em um veículo de luxo. O dono do carro ainda não foi localizado. Vamos reforçar o patrulhamento aqui no Distrito de Cacau Pirêra e estamos aqui para proteger a população de bem", destacou o tenente Felipe Coelho.

Homenagens
Nas redes sociais, Illguinner compartilhou o registro de uma tatuagem feita hoje ao amigo Romarinho Mec, chamado ele de "irmão".

O corpo de Illguinner esteve no necrotério da unidade hospitalar e foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil deve investigar o caso. 

Morte do "Bruxo do Forró"

O cantor de forró Romário de Jesus, de 27 anos, vocalista da Banda "Forró di Respeito", conhecido como "Bruxo", foi baleado após um ataque criminoso ocorrido na rua Natividade, no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele morreu após ser submetido a quatro horas de cirurgia.

Os familiares informaram que não trata-se de uma execução, mas sim um assalto. "Me passa o que tu tem aí. Disseram. Não foi encomendado. Foi um assalto e mataram ele", disse a esposa do cantor.   

Com informações do site: EMTEMPO