sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Vitória de Conquista: delegada diz que morte de Sashira Camilly foi premeditada há dois anos;


 
Foto: Reprodução
Um fato chamou a atenção na coletiva de imprensa sobre a morte de Sashira Camilly, ontem 16, no (Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP). De acordo com a titular da Delegacia Estadual da Mulher (DEAM), delegada Gabriela Garrido, o ex-namorado de Camilly havia premeditado o crime há dois anos. “Pelo que parece o ex-namorado de Camilly já havia acalentando essa ideia há dois anos”, disse.

A delegada relatou que quando a vítima tinha 17 anos, a família de Camilly registou um boletim por agressão física no Núcleo da Criança e do Adolescente. “Houve um registro pela família dela afirmando que ele a agrediu fisicamente. Como ela tinha essa idade, era adolescente, o boletim foi registrado no Núcleo da Criança e do Adolescente. Então, existe esse procedimento, ela chegou a ter medida protetiva em desfavor dele”, explicou.

Segundo a delegada da DEAM essa medida protetiva já tinha inspirado por não existir mais contato entre os dois. “Parece que a família retirou essa medida porque os dois não tinham mais contato. O acusado havia sido levado para estudar em Brasília. Mas agora o mesmo retornou e cometeu o ato”, finalizou.

Com informações do site: Calilanoticias