quinta-feira, 14 de outubro de 2021

BRASIL Menino indígena de 5 anos é achado morto após brincadeira; outro está desaparecido


 
Foto: Reprodução
Uma criança indígena, de cinco anos, foi encontrada sem vida após ser levada em uma correnteza que fica no rio Parima, em região que fica em Roraima. O menino estava brincando em um maquinário que está sendo utilizado em um garimpo ilegal que está acontecendo na Terra Indígena Yanomami.

Outro menino, de oito anos, que estava com a vítima no momento do acidente, continua desaparecida. Essa denúncia foi realizada pelo Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuana. As duas crianças são primas.

As lideranças indígenas da região disseram que os meninos “engataram em algum objeto”, e depois foram arremessados na água. Essa região está localizada no Alto Alegre, que fica no Norte do estado.

Segundo o presidente do Condisi-YY, os moradores da reserva indígena fizeram buscas ainda na terça-feira (12), porém conseguiram encontrar somente a criança de cinco anos sem vida. Por conta da dificuldade em encontrar o outro menino, o conselho solicitou ajuda para o Corpo de Bombeiros e para a Funai.

De acordo com informações dos bombeiros, uma equipe de mergulhadores está aguardando a liberação de um avião para os transportarem até o local, que é de difícil acesso. O portal de notícias do G1 entrou em contato com a Funai, mas não teve nenhuma resposta sobre o envio da aeronave

As terras indígenas de Yanomami, é a maior reserva indígena do país que tem em torno de 10 milhões de hectares que ficam entre os estados de Roraima e Amazonas, pegando também uma parte da Venezuela. Vivem cerca de 27 mil indígenas na região, em mais de 360 comunidades.

Com informações do site: i7news