segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Com tumor gigante, mulher é confundida com grávida e clama por ajuda: ‘Não aguento mais dor’


 
Foto: Reprodução
Elza Mar Fidalgo, de 38 anos, moradora da cidade de São Vicente, região litorânea paulista, vive um drama difícil. Desde o mês de junho sente dores fortíssimas na região abdominal. Ela foi diagnosticada com um tumor chamado teratoma. A enfermidade acabou evoluindo de forma rápida, fazendo com que sua barriga crescesse bastante.

A barriga de Elza cresceu tanto que as pessoas confundem com uma gravidez. Desde o diagnóstico ela luta para conseguir uma cirurgia a fim de remover o tumor. “Não aguento mais tanta dor, ir a hospitais para tomar medicação para dor. Meus braços estão cheios de veias estouradas”, relatou a mulher durante uma entrevista ao portal de notícias G1.

Assim que começou a sentir dor, ela buscou ajuda e, mesmo antes de descobrir a doença, já era confundida com uma gestante. Com a confirmação da enfermidade no mês de agosto, ela também descobriu um cisto no ovário. De acordo com Elza, o atendimento nos hospitais públicos mudou bastante e foi para pior.

O marido de Elza explicou que a piora na saúde da mulher fez com que optasse por abandonar o emprego. Ricardo afirmou que não tem como deixar a esposa sozinha em casa, pois ela precisa de ajuda para tudo no momento. Por causa do tumor, o quadro clínico tem se complicado, pois também tem apresentado falta de cálcio no organismo, além de ter veias e ossos enfraquecidos pela condição de saúde.

Ela acabou trincando a costela recentemente ao se levantar da cama, o que piorou ainda mais as dores que sente. Um alívio para o grande sofrimento é o uso de medicação direto na veia. Por estar debilitada, as veias estão frágeis, o que faz com que estourem com facilidade. O procedimento cirúrgico chegou a ser agendado para o dia 14 de agosto, porém foi cancelado dois dias antes por falta de vaga na UTI. Sofrendo, ela clama por ajuda para conseguir fazer a cirurgia.

Com informações do site: I7NEWS