segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Dois homens morrem em confronto com a policia em Cruz Alta


 
Foto: Reprodução
A Brigada Militar abordou na madrugada deste sábado (02) na rodovia Luciano Furian em Cruz Alta uma motocicleta Yamaha conduzido por um jovem, em revista foi encontrado com o suspeito um tijolinho de maconha, R$ 25,00 reais, uma corrente de pescoço, um relógio dourado e 3 relógios com etiqueta. 

Ao ser questionado quanto a procedência dos relógios o homem confessou ter participado de um assalto a uma joalheria ocorrida no município de Júlio de Castilhos e que os relógios seriam fruto do referido assalto.

Assaltantes chegam em carro de luxo e assaltam joalheria

O homem relatou ainda que os restantes das joias estariam em sua residência juntamente com o comparsa o qual estava foragido do sistema prisional. Ao chegarem à residência do suspeito, os policiais visualizaram o comparsa do homem conhecido por "Mano Bomba" e mais quatro indivíduos. Ao perceberem a aproximação das viaturas, os suspeitos empreenderam fuga para os fundos da residência sendo iniciada uma perseguição a pé pelos policiais que foram recebidos a tiros pelos fugitivos e revidaram a agressão.

Ao cessar o confronto, foram encontrados dois suspeitos caídos, um homem de 37 anos que estava foragido desde fevereiro desse ano, com o qual estaria com um revólver calibre 38 com seis munições deflagradas e com o outro indivíduo de 19 anos foi localizado um coldre na cintura e três munições de calibre 380.

Idoso morre carbonizado dentro de carro na garagem de casa

Ao lado dos homens foi encontrada uma sacola preta com 14 relógios e diversas joias oriundos do assalto da joalheria de Júlio de Castilhos, já em outro ponto do mato onde se realizavam o cerco ao fugitivos, os policiais encontraram outro suspeito que ao receber a ordem policial, reagiu sendo necessário utilizar o uso moderado da força para contê-lo.

Os dois suspeitos que reagiram à ação policial foram alvejados durante o confronto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para prestar atendimento médico. Os homens feridos foram levados Hospital São Vicente de Paulo, onde não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito.

A operação resultou em dois homens mortos em confronto com a policia e dois presos.

Com informações do site: bei