quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Enfermeira é presa suspeita de usar injeção para matar o marido: “Aliviar a dor dele”


 
Foto: Reprodução
Uma técnica em enfermagem, de 41 anos, foi presa na tarde desta segunda-feira (25/10), suspeita de tentar matar o próprio marido, que está internado em um hospital particular de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo.
 
De acordo com informações da Polícia Militar, a tentativa aconteceu quando a mulher estava visitando o companheiro. Ela foi flagrada por funcionários da unidade com uma seringa, contendo um líquido amarelo, prestes a aplicar no paciente.

A equipe do hospital acionou a polícia que a encaminhou para a Delegacia Regional para prestar depoimento. Ela foi liberada em seguida. Conforme o delegado, ela é técnica de enfermagem e trabalha em outra unidade de saúde do município.

O homem está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Unimed Sul Capixaba, em coma, e se encontra em estado vegetativo. À polícia, a esposa alegou que queria diminuir a dor do companheiro aplicando uma injeção que pegou em seu trabalho.
 
Não há informações sobre o quadro de saúde do homem e nem a causa da internação. A Polícia Civil informou que vai periciar o conteúdo da injeção e também o sangue do paciente, para saber se foi aplicado algum tipo de substância nele.

Com informações do site: BR104