segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Feministas processam concurso de Miss por escolher candidatas pelo critério ‘beleza’


 
Foto: Reprodução
Feministas. Caso ganhou repercussão após grupo ir à Justiça contra o Miss França
Um caso inusitado envolvendo o concurso de beleza da França chama a atenção. A competição do Miss França está sendo processada por Feministas após as competidoras serem escolhidas pelo critério apenas da aparência física.

Segundo as normas do concurso de beleza, as concorrentes precisam ser solteiras; ter mais de 1,70m de altura; nunca ter se casado ou tido filhos; não ter piercings ou tatuagens, mechas ou extensão de cabelo; não ser fumantes. Além disso, elas não podem engordar durante a competição ou alterar seu penteado.
 
A situação ganhou repercussão após três ex-concorrentes do concurso se unirem a um grupo feminista, o Osez le Feminisme, e processarem os donos dos direitos do Miss França e a Endemol, empresa responsável por transmitir a competição.

O processo tem por base críticas aos critérios de seleção supostamente discriminatórios.

O feminismo é um movimento que, segundo os historiadores, surgiu após a Revolução Francesa e que se fortaleceu na Inglaterra, durante o século XIX, e depois nos Estados Unidos, no começo do século XX. Esse movimento luta pela igualdade de condições entre homens e mulheres, no sentido de que ambos tenham os mesmos direitos e as mesmas oportunidades.

As origens do movimento feminista remontam ao período das revoluções liberais, das quais o grande destaque foi a Revolução Francesa, influenciada pelos ideais do Iluminismo. Desse período, pode-se destacar a ação de Olímpia de Gouges, que, durante os anos iniciais da Revolução, lutou pela emancipação dos direitos das mulheres, defendendo, principalmente, o direito das mulheres de participar ativamente da política.

Com informações do site: DE OLHO NEWS