terça-feira, 12 de outubro de 2021

Grávida de 23 anos que não se vacinou contrai Covid e só descobre nascimento do filho após acordar do coma


 


Foto: Reprodução

A pandemia do coronavírus fez milhares de vítimas no mundo inteiro desde o seu surgimento na China no final do ano de 2019. No Brasil, o número de mortos já ultrapassou a marca de 600 mil mortos em virtude do vírus. Alguns grupos acabam sendo mais vulneráveis e as grávidas estão entre eles. Infelizmente, muitas crianças ficaram órfãs nesse período porque as mães não resistiram as complicações da doença.

Apesar de ter enfrentado dias difíceis, a jovem Kelsie Routs teve sorte e conseguiu sobreviver a Covid-19. A mulher de 23 anos não foi vacinada contra o vírus durante a gravidez. A moradora de Lincolnshire, na Inglaterra, somente descobriu que havia dado à luz após acordar do coma induzido. Ela estava na 28ª semana de gestação quando precisou ser socorrida e encaminhada de ambulância para o hospital no dia 8 de agosto após ter contraído o coronavírus.

A designer gráfica usou o seu perfil nas redes sociais para poder falar sobre a situação dramática que viveu. Ela contou que teve pneumonia e com isso os pulmões começaram a falhar. A mulher foi colocada em coma induzido para que o seu corpo pudesse ter uma chance de se recuperar. Contudo, dois dias depois de ter ficado inconsciente, os médicos tiveram que fazer uma cesárea de emergência para poder aliviar a pressão dos pulmões da jovem.

Ela deu à luz a seu filho sem saber e a família chegou a ser avisada que dificilmente sairia do coma. No entanto, sete dias depois do parto a inglesa acordou e soube que o bebê havia nascido e era um menino. A criança que recebeu o nome de Kobe nasceu 12 semanas antes do previsto. A mãe relatou o quanto foi chocante a descoberta do nascimento do pequeno.

Aos pouquinhos a jovem conseguiu se recuperar da doença. Ela contou que precisou aprender a andar novamente e frisou que ainda não consegue caminhar longas distâncias. “Tenho apenas 23 anos, não tomei as vacinas e não tenho problemas de saúde”, ressaltou. Kelsie Routs fez questão de deixar um alerta pedindo que as pessoas levem a doença à sério.

Com informações do site: 1news