segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Homem morre 26 dias após atirar na ex-mulher e na própria cabeça


 


Foto: Reprodução

Na noite deste domingo (24), vinte e seis dias depois de tentar matar a ex-mulher, de 37 anos, e atirar na própria cabeça, Anilson Assis de Oliveira, de 49 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, depois de uma parada cardiorrespiratória.

Anilson estava internado desde o dia 29 de setembro, depois que foi encontrado deitado às margens do Rio Sucuriú, em Costa Rica, a 305 km de Campo Grande, com um tiro na cabeça.

O homem tentou se matar horas depois de atirar 4 vezes contra a ex-mulher, mas foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros Militar e encaminhado em estado grave para o hospital da Capital. A mulher também foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande e ficou paraplégica, ela segue internada em estado grave.

Crime - A tentativa de feminicídio aconteceu na noite do dia 28 de setembro, quando a vítima foi surpreendida por Anilson, quando estava chegando em casa e foi atingida por quatro tiros antes mesmo de descer do carro que dirigia.

Anilson fugiu em uma motocicleta e foi encontrado pela Polícia Militar já com o ferimento de tiro na cabeça. A arma usada no crime não foi encontrada e a polícia suspeita que ele tenha descartado o armamento no rio.

Antes da tentativa de feminicídio, no dia 11 de abril, Anilson chegou a ser preso por ameaçar a ex-esposa, mas foi solto dois dias depois e tentou matar a mulher cinco meses após a ameaça. No vídeo abaixo, é possível ver o momento que Anilson é socorrido.

Com informações do site: campograndenews