quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Homem que assediou e matou jovem atropelada tenta explicar o que aconteceu: ‘foi sem querer’


 
Foto: Reprodução
Na noite deste último domingo (10), uma jovem de 18 anos teria sido assediada e depois foi morta em um atropelamento pelo homem acusado de a assediar. O motorista embriagado a prensou contra um caminhão depois de supostamente cometer o primeiro crime.

Juciano Marinho Gomes, de 35 anos, foi preso em flagrante como o responsável por atropelar e assassinar a jovem de 18 anos, moradora da cidade de Itajaí, em Santa Catarina. A prisão dele foi convertida para preventiva, e ele tenta explicar dizendo que atingiu ela “sem querer”.

Vanessa Tamyris de Oliveira Machowski, de 18 anos, estava esperando um Uber na frente da casa de seu namorado, quando foi atropelada por um carro modelo Tucson. Ela estava conversando com seu namorado, que estava dentro do caminhão quando teria sido assediada de forma verbal.

O namorado dela desceu do veículo e o dono da caminhonete também. Houve uma discussão entre eles e o assediador foi embora. Cerca de cinco minutos depois ele volta, e atropela a moça prensando-a contra o caminhão.

Vanessa recebeu os primeiros socorros ainda no local e depois foi encaminhada para atendimento médico em uma Unidade de Pronto Atendimento que fica no bairro Cordeiros. Ela foi levada por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

O delegado que está apurando o caso, Eduardo Ferraz, informou que a versão do suspeito é de que houve uma discussão entre ele e o namorado dela e não sabe dizer o motivo de estar embriagado. “Disse que foi agredido pelo namorado [da vítima] e outras pessoas que estavam ali e, indo embora, acabou atropelando a vítima sem querer“, contou o delegado.

Com informações do site: I7NEWS