sábado, 23 de outubro de 2021

Mãe e tia que agrediram, humilharam e expulsaram criança de casa em Minas são indiciadas


 
Foto: Reprodução
A mãe e a tia de uma criança de 10 anos que foi expulsa de casa após ser humilhada e agredida foram indiciadas pela Polícia Civil pelo crime de maus-tratos. O inquérito policial foi encaminhado à Justiça no dia 14 de outubro.

Um vídeo gravado em Jequitinhonha, em Minas Gerais, mostra a situação absurda sofrida pela vítima dentro de casa. O caso provocou revolta na cidade e a Polícia Civil começou a investigá-lo após denúncia do Conselho Tutelar.

Relembre

O caso veio à tona no início deste mês, quando as imagens começaram a circular nas redes sociais. No vídeo, gravado pela tia, a menina é agredida física, verbal e psicologicamente. “Você vai pro seu pai. Eu não quero você na minha casa. Entendeu!?”, diz a mãe. A familiar obrigou a filha a sair de casa com a “roupa do corpo”.

“O capeta baixa nessa menina. Não tem condição… Não respeita ninguém. Ela não respeita ninguém”, afirmou a tia. Durante a gravação, a criança fica o tempo todo em silêncio. “Eu tô cansada de ser boazinha pra você”, prosseguiu a mãe.

Os ataques contra a criança não param e a tia ameaça “avançar” na garota. “Dissimulada. Não olha pra mim com esta cara ruim não que eu avanço em você”. Ao final da gravação, a mãe dá uma chinelada no rosto da menina. “Bem feito”, falou a tia aprovando a atitude da mãe.

O caso foi descoberto pelo Conselho Tutelar de Jequitinhonha após uma denúncia anônima. “Segundo o denunciante, os fatos ocorreram em março de 2021, porém só chegou ao conhecimento do conselho no mês passado”, disse à época uma conselheira tutelar, que prefere não se identificar, em entrevista ao BHAZ.

A criança, segundo o Conselho Tutelar, está sob responsabilidade da família paterna e recebe acompanhamento psicológico.

Com informações do site: BHAZ