sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Menina de 12 anos se junta com amiga e mata pai Policial


 


Foto: Reprodução

Um policial civil de 46 anos foi encontrado morto em casa na noite de sexta-feira (15) no bairro Agostini, em São Miguel do Oeste, no Oeste catarinense. Segundo a Polícia Militar, o corpo do agente tinha perfurações provocadas por golpes de faca.

Duas pré-adolescentes, entre elas a filha da vítima, foram apreendidas neste sábado (16) suspeitas do crime.

O agente foi encontrado morto pelos policiais militares caído em um dos cômodos da residência, por volta das 20h, com ferimentos na região do pescoço.

O Corpo de Bombeiros também foi até o local.

Após diligências, a equipe da Diretoria de Investigação Criminal (DIC) apurou que o ataque teria sido planejado. Segundo a Polícia Civil, a filha e a amiga confirmaram a autoria do crime à polícia, após apresentação das evidências levantadas na investigação.

As pré-adolescentes foram encaminhadas para a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso, e o caso foi remetido ao Poder Judiciário.

Luto pelo morte do Policial
A Polícia Civil de Santa Catarina emitiu nota e lamentou a morte do agente. Ele trabalhava há 25 anos na corporação.

Atualmente, o policial era responsável pelo setor de alvarás da Delegacia Regional de Polícia de São Miguel do Oeste e pela delegacia do município de Paraíso.

O velório e o sepultamento do agente ocorreu em São Miguel do Oeste.

Com informações do site: correiodointerior