sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Mulher dá a volta por cima após humilhação por erro de português: ‘Por isso que não arruma trabalho’


 
Foto: Reprodução
Cristiane Barros, de 43 anos é cuidadora de idosos. A profissional, que buscava por uma oportunidade de emprego, foi hostilizada por uma atendente de um asilo de Sorocaba, interior de São Paulo.

O motivo da humilhação nas mensagens veio por erros de português que ela cometeu durante a conversa. A atendente, que bloqueou a profissional após a conversa, ainda afirmou que Cristiane precisava buscar um curso de português e afirmou que era “por isso que ela não arrumava trabalho”.

Nos prints das conversas, que foram divulgados pelo portal G1, a atendente começa a corrigir a trabalhadora, que tenta se desculpar pelo erro.  

Resposta veio após envio de currículo

Cristiane afirmou que fez o envio de um currículo para o local porque soube que a clínica estava buscando por funcionários. Porém, a atendente respondeu de forma pouco amistosa que não havia interesse.


Cristiane disse em entrevista que se sentiu mal pela forma como foi tratada e que ficou triste por saber que existem pessoas com esse comportamento trabalhando com idosos.

A profissional ponderou não ser uma pessoa do mal e que está buscando uma oportunidade de trabalho. Ela ainda diz ter tentado se corrigir e pedir desculpas, mas foi bloqueada.  

Ofertas de emprego

Com a repercussão do caso, Cristiane afirma ter recebido várias ofertas de emprego. Muitas oportunidades surgiram via redes sociais, segundo ela. Outras pessoas se ofereceram para fazer um currículo para a cuidadora e também a dar dicas para que ela se saia bem nas entrevistas.

Feliz, a profissional afirma que sente ter sido escolhida por Deus. No momento, ela diz ter aceitado ajuda para refazer o currículo e ainda está analisando as propostas de emprego.

Procurado pelo G1, o asilo disse lamentar a conduta da pessoa envolvida e que não compactua com o comportamento da atendente.

Com informações do site: 1News