terça-feira, 5 de outubro de 2021

Não vacinados têm até 13 vezes mais chance de morrer por covid, diz estudo


 
Foto: Reprodução
Um estudo que acaba de ser divulgado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) é a mais nova prova cabal do efeito positivo das vacinas contra a covid-19.  

De acordo com o CDC, uma pessoa não vacinada tem um risco muito maior de se contaminar e, caso infectado, necessitar de internação hospitalar e até mesmo morrer. Essa lógica não é uma grande novidade, mas o que impressiona é o grau de proteção agora medido e comprovado pelo estudo, um dos maiores já feitos no mundo.

Para se ter uma ideia, uma pessoa que contraí o vírus e não esteja imunizada tem até 13 vezes mais chances de morrer do que alguém que contraiu a doença após receber as duas doses ou dose única de alguma vacina. Sempre comparando infectados sem vacina e com vacina, a chance de os primeiros necessitarem de internação é dez vezes maior que os já imunizados.

Com informações do site: Bússola