quinta-feira, 28 de outubro de 2021

‘Operação Vidas Roubadas’ contra prostituição em Divinópolis prende mulher que levava menores para sítios, motéis e casas dos clientes


 
Foto: Reprodução
Foi deflagrada nesta terça-feira (26) a Operação Vidas Roubadas para combater o crime de favorecimento à prostituição ou outra forma de exploração sexual de criança e/ou adolescente. A operação foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Regional de Divinópolis em conjunto com a Promotoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente e com o apoio da 7ª Região da Polícia Militar. Foram cumpridos um mandado de prisão e 11 mandados de busca e apreensão, sendo 10 em Divinópolis e um em Montes Claros. Os alvos da operação eram exploradores, agenciadores, intermediadores e clientes assíduos de programas sexuais envolvendo adolescentes.

Investigações

De acordo com a Polícia Civil, as investigações começaram há cerca de três meses, após denuncias dos próprios familiares. Segundo o promotor cerca de quatro adolescentes estavam sendo aliciadas. Os crimes ocorriam em sítios, na casa dos clientes e motéis da cidade.

Na ação, uma mulher de 27 anos foi presa como aliciadora das garotas. Ainda conforme reportou as autoridades, existia até mesmo um catálogo com fotos das adolescentes. Segundo a Polícia Militar, celulares e drogas também foram apreendidos.

Saldo de empenho

Segundo informações, a Operação Vidas Roubadas contou com a participação de três promotores de justiça, seis agentes do Gaeco, dois servidores do Ministério Público, 50 policiais militares e 15 viaturas.

O crime e a pena

O crime é previsto no artigo 218-B, caput e §2º, I, do Código Penal. A pena para o crime é de quatro a 10 anos de reclusão.

O que dizem as autoridades

O Divinews tentou contato com o MPMG e a PCMG, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. Seguimos a acompanhar a movimentação da Polícia a cerca da operação e podemos voltar a qualquer momento para atualizar essa reportagem ou trazer novas informações.


2 COMENTÁRIOS EM “‘OPERAÇÃO VIDAS ROUBADAS’ CONTRA PROSTITUIÇÃO EM DIVINÓPOLIS PRENDE MULHER QUE LEVAVA MENORES PARA SÍTIOS, MOTÉIS E CASAS DOS CLIENTES”

DEVERIAM FAZER UMA OPERAÇÃO DESTA NAQUELA REGIÃO ALI DO SAMU, SABEMOS QUE TEM ALI UMA CASA DE PROSTITUIÇÃO MUITO FORTE, QUE ESTÃO DROGANDO IDOSOS, OFERECENDO BEBIDAS BATIZADAS E SEXO FÁCIL. NA VERDADE É UM ESQUEMA DE ESTORÇÃO DO DINHEIRO DESTES IDOSOS, QUE ACABAM SENDO ENGANADOS POR BANDIDOS(AS), QUE ROUBAM TODO O DINHEIRO DESTES. FICA AI A DIGA PARA A POLÍCIA CIVIL, EXISTE ALGUMAS PROSTITUTAS QUE FAZEM ESTE TIPO DE ABORDAGEM, DOGRAM OS IDOSOS E AO FINAL, FAZEM EXTORSÃO DE DINHEIRO, INCLUSIVE AMEAÇANDO AS FAMÍLIAS DO IDOSO QUE TENTAM TIRAR ELES DESTA SITUAÇÃO. CADEIA PARA ESTAS MULHERES DA VIDA, QUE APROVEITAM DA FRAGILIDADE DE ALGUNS IDOSOS, QUE JÁ ESTÃO VICIADOS EM LEXOTAM, RIVOTRIL, SEM FALAR QUE PODEM COLOCAR DROGAS – porque é isto que elas colocam na bebida para fazer a estorção.

Resposta

As duas coisas andam juntos desde inicio dos tempos.
alguem quer sexo, alguem quer grana e outro alguem conhece os dois.



Com informações do site: DIVINEWS