close

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Pastor evangélico achava que era Jesus, e preveu que iria ressuscitar ao 3° dia, veja o que aconteceu!


 
Foto: Reprodução

Que existe muitos líderes pastores falsos no Brasil, já é de conhecimento de boa parte da população, onde exploram a fé do povo e o respeito ao ser humano. Mas dessa vez foi algo ainda mais bizarro. Informações do Yahoo, O Globo.

Em 2008, o pastor evangélico Huber Carlos Rodrigues deixou uma carta afirmando que, quando morresse, ressuscitaria às 23h30 do terceiro dia. O clérigo faleceu na última sexta feira (22), mas não cumpriu a promessa.

Sua esposa, que postergou o enterro à espera do milagre, disse que não está com a fé abalada.

“Deus sabe o que faz, a minha fé não ficou abalada, muito pelo contrário, foi avivada. Eu estou com a minha consciência tranquila de que atendi a um pedido do meu marido, que tanto bem fez para esta comunidade”, afirmou a viúva, em entrevista ao jornal O Globo.

A história chamou atenção de fiéis, que se reuniram em Goiatuba, no Goiás, para presenciar o milagre. Sem ressuscitar, o pastor foi enterrado na madrugada de terça-feira (26).

Ana Maria conta que, no momento do sepultamento, viu um “clarão”. Além disso, conta que uma chuva veio logo em seguida

“Não me importo com as brincadeiras, eu entendo. Mas muita gente que estava do lado de fora da capela viu um clarão no céu na hora em que o Huber tinha pedido para ser feito o sepultamento. Ele foi muito claro quanto ao horário. Ele tinha muito medo de ser enterrado vivo”, disse ela.

Ela conta também que, mesmo tendo sido guardado por três dias, o corpo não tinha sinais de decomposição.

“Na hora, você pensa: ‘Deus, não vai acontecer?’. Não foi fácil para mim, fiz tudo com toda a minha alma e minha fé. De fato, eu sou testemunha de que ele não exalava qualquer mau cheiro. A pele dele era íntegra, mesmo sem ter passado pelos procedimentos de conservação do corpo. Isso nunca aconteceria, numa situação normal, com uma pessoa que estivesse morta há tanto tempo, porque o odor seria muito forte”, disse Ana Maria.

Ana Maria ainda foi todos os dias à capela para ver o corpo do marido. “Fui todos os dias à capela vê-lo, estava intacto. Acho que só Deus sabe os motivos de as coisas terem acontecido desse jeito. As pessoas que não são tão espirituais não acreditam, eu entendo a reação”.

Huber e a esposa foram diagnosticados com covid-19, mas apenas o pastor precisou ser internado e intubado. “Mas ele começou a melhorar e melhorar. Pela graça de Deus porque ele ficou muito grave, a ponto de fazer hemodiálise, dia sim, dia não. Os médicos falavam que ele estava se recuperando, retiraram do tubo e só o deixaram na UTI para ter um suporte de oxigênio”, conta Ana Maria.

“Passamos a nos ver pela câmera do celular porque, devido à pandemia, ninguém pode entrar no hospital. Na quinta-feira (21), foi a última vez que nos vimos. Eu estava no nosso ministério e outros missionários também viram como ele estava pela câmera do celular. No sábado, entretanto, houve uma piora e ele partiu após ter uma parada cardiorrespiratória.”


Veja a reação da população no local onde estava o corpo do pastor

Veja o vídeo:



Com informações do site: poderaopovo