sábado, 30 de outubro de 2021

Pistoleiro é executado com pelo menos 9 tiros na cabeça


 
Foto: Reprodução
Recém-saído da prisão e com fama de pistoleiro, Eberton Pavone, o "Tonzinho", foi executado a tiros na noite desta sexta-feira (29), em Coronel Sapucaia, município a 400 quilômetros da Capital.

As informações preliminares são de que Pavone seguia em uma motocicleta, semelhante a uma Biz, por rua da cidade, quando foi abordado pelo atirador. Os disparos foram direcionados para a cabeça da vítima.

Foto adquirida pela reportagem mostra nove perfurações de disparos no capacete de Eberton. O endereço onde o motociclista foi morto e mais detalhes das circunstâncias da execução, ainda não foram divulgados pela polícia.


Velho conhecido - No ano de 2015, "Tonzinho" foi acusado do assassinato de Sérgio Paulino Conceição Sabel, de 23 anos. Depois de executar a vítima com um disparo na cabeça e outro no pescoço, enquanto ela se banhava em um riacho aos fundos da Vila Nova, em Coronel Sapucaia, Pavone fugiu do local.

Antes disso, em 2012, Pavone e o irmão, que na época tinha 16 anos, foram capturados pela polícia por suspeita de envolvimento em uma série de assaltos a mão armada e por outros homicídios na região de fronteira. Na época, ambos já eram procurados pela Justiça.

Com informações do site: CGN