quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Subtenente da PM e cinco homens são suspeitos de estupro coletivo em GO.


 
Foto: Reprodução
Em depoimento, a vítima disse que foi convidada por amigos a participar de uma festa que começaria na sexta e terminaria no domingo. No sábado pela manhã, ela foi levada por duas mulheres para descansar em um quarto. Depois das mulheres saírem do local, o subtenente, segundo depoimento da vítima, entrou no quarto tirou a roupa e obrigou a vítima a fazer o mesmo. Ele colocou a arma em cima da cama e fez ameaças a jovem até cometer o estupro. Em seguida, os outros homens entraram no quarto e abusaram sexualmente da vítima. Por fim, o primeiro agressor voltou ao quarto e repetiu o estupro. Procurada pelo UOL, a Polícia Militar do Distrito Federal informou que aguarda a a "conclusão do inquérito para dar prosseguimento às apurações" e tomar as medidas pertinentes. A PM disse que não "compactua com quaisquer desvios de condutas, menos ainda com ações que configurem crimes". 

Com informações do site: uol