quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Suspeita de ‘presentear’ casal com bombons envenenados é presa em Minas; mulher é ex do noivo


 
Foto: Reprodução

Uma mulher de 39 anos foi presa preventivamente em Jaíba, no Norte de Minas, suspeita de envenenar cinco pessoas e um cachorro às vésperas do casamento de duas das vítimas. Segundo a Polícia Civil, a investigada é ex-companheira do noivo e não aceitava o novo relacionamento dele. A voz de prisão foi dada na última sexta-feira (24).

Testemunhas contaram às autoridades que um taxista deixou uma encomenda para a noiva na última quinta-feira (23) e, nessa caixa, haviam taças e bombons embrulhados como um presente. Logo após comerem os chocolates, as vítimas começaram a passar mal.

Um cachorro que comeu um pedaço do chocolate morreu logo após consumi-lo. Além do casal de noivos – de 27 e 35 anos – dois parentes deles e uma criança de 2 anos comeram os doces. Os noivos iriam se casar no último fim de semana.

Investigação
Em depoimento, as vítimas e familiares levantaram suspeita contra a ex-companheira do noivo, que não havia aceitado o fim do casamento e muito menos o novo relacionamento do ex. Após entrevistas com testemunhas, a mulher foi apontada como autoria da tentativa de homicídio.

O delegado Marconi Vieira, que comandou as investigações do caso, determinou o mandado de prisão preventiva da suspeita e uma busca em sua residência. “A mulher foi encontrada em sua casa onde a prisão foi cumprida”, explicou

O taxista que entregou o pacote à família contou às autoridades que recebeu a encomenda de um mototaxi e o endereço em que faria a entrega. Já o mototaxi disse que uma mulher entregou o pacote e R$ 20, cinco para pagar a ocorrida e os outros quinze para que o taxista levasse a encomenda até Jaíba (veja aqui).

As vítimas permanecem internadas e o animal morreu no dia do envenenamento. Todos foram socorridos ao hospital do município.

Com informações do site: Bhaz