sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Suspeito de matar jovem por dívida de R$ 100 em Campo Grande é preso no Pantanal


 


Foto: Reprodução
Quase um mês após a morte de Douglas Júnior Gomez Ojeda, de 22 anos, o suspeito de atirar contra o jovem por conta de uma suposta dívida de R$ 100, em Campo Grande, foi preso por equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BpChoque), nessa quarta-feira (20), na em Corumbá, a 415 km de Campo Grande.

Segundo a polícia, após avistar viatura que fazia ronda em trecho da rua Alan Kardec, no bairro Almirante Tamandaré, o homem correu para o interior de uma residência. Abordado, ele se identificou e confessou ter matado uma pessoa no cruzamento da Rua Yokohama com a Avenida Américo Brasiliense, no bairro Santo Amaro.

Os policiais confirmaram que havia suspeita do homicídio em relação a ele, e o prendeu. Ele disse ter jogado a arma do crime em um matagal, mas não soube informar o endereço do local.

Homicídio
Na ocasião, socorristas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) chegaram a tentar reanimar a vítima, mas sem sucesso. O crime aconteceu a poucos metros da casa onde o autor vivia com a família.

À polícia, uma testemunha contou que o motivo da briga que motivou a morte de Douglas seria dívida de R$ 100. Em depoimento, o pai do atirador revelou ter tentado segurar o filho, após escutar o barulho de disparos e encontrar o rapaz correndo em sua direção, no meio da rua. Mesmo assim, ele conseguiu fugir.

Com informações do site: NHN