quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Taiwan alerta China a não se aproximar da ilha e Pequim defende exercício militar


 
Foto: Reprodução
O Ministério da Defesa de Taiwan alertou a China nesta quarta-feira (13) que adotará medidas fortes em reação à aproximação de forças chinesas da ilha.

Pequim, no entanto, defendeu que suas incursões na zona de defesa aérea taiwanesa visam forças que defendem a independência formal da ilha e são ações “justas” para proteger a paz.

Pequim também disse que os exercícios militares miram a interferência de forças externas. As tensões militares com a China, que reivindica Taiwan como parte de seu território, estão em seu pior momento em mais de 40 anos, disse o ministro da Defesa taiwanês.

Segundo o ministro, a China será capaz de realizar uma invasão de “escala total” na ilha até 2025.

Com informações do site: cnnbrasil