terça-feira, 26 de outubro de 2021

'Tive de vender minha filha para não passar fome'


 


Foto: Reprodução

A frágil situação socioeconômica do Afeganistão se deteriorou desde a tomada do poder central pelo Talebã, em agosto, deixando milhões de famílias em situação de pobreza extrema e total escassez de comida.

Nesta reportagem, a BBC encontrou uma família que se viu forçada a vender sua bebê por US$ 500 para conseguir se alimentar.

Outras famílias visitavam seus bebês, internados e em estado famélico, em um hospital na cidade de Herat.

A volta do Talebã ao poder fez com que a ajuda financeira internacional que sustentava o Afeganistão fosse congelada, na tentativa de evitar que o dinheiro ficasse sob controle dos extremistas.

Agora, grande parte da comunidade internacional enfrenta o dilema de financiar iniciativas sob o Talebã ou assistir à tragédia social que se desenrola no país.


Com informações do site: BBC