quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Você tem pintas? 6 detalhes que ajudam a identificar se elas são motivo de preocupação


 
Foto: Reprodução
Na pele é possível achar distintos tipos de crescimentos cutâneos. Inclusive, podem ser de cores diferentes que estão entre tons laranja até a tons mais escuros. Esse crescimento pode ser plano ou apresentar alguma protuberância o qual recebem o nome de pintas. Para muitas pessoas, as pintinhas são consideradas um charme.

Contudo, também tem aqueles que não gostam muito das pintas. O fato é que a maioria da população possui essas pintinhas pelo corpo. Mas, é preciso estar sempre alerta para qualquer tipo de modificação atípica das pintas. Mesmo que seja algo comum, algumas delas podem apresentar alguma anormalidade e chegar a ser um melanoma, que é um tipo de câncer.

Portanto, é necessário ter muita atenção e observas as pintas e sempre que perceber qualquer anomalia buscar a ajuda de um médico. Fique atento as seguintes alterações para identificar um possível melanoma.

Assimetria
É importante fazer a análise se é uma pinta ou mancha de nascimento, já que a marca de nascença pode ser assimétrica. No geral, as pintinhas tem um formato circular e aso esteja irregular pode indicar sinal de alerta.

Tamanho
A maioria das pintas pode ter até 1 centímetro de diâmetro. Caso você tenha uma pinta que seja maior ou perceber que está crescendo é necessário buscar ajuda de um profissional para acompanhamento.

Pinta inesperada
Caso aparece repentinamente e comece e a escurecer é sinal de alerta. Neste tipo de situação existe a possibilidade de ter um índice alto de malignidade. Neste caso, faça uma consulta com um dermatologista para uma análise detalhada.

Cor da pinta
No geral, as pintas costumam ter uma cor homogênea, mas se notar que há várias cores pode ser algo preocupante. Nesta situação a pinta pode ser perigosa e cancerígena.

Dor, inflamação ou sangramento
Se você perceber que a pinta está inflamada, sangrando e doendo, é importante buscar ajuda médica com urgência, pois pode ser indício de uma disfunção maligna. Portanto, preste bastante atenção nesses sinais.

Bordas irregulares e sem definição
Se a pinta não mostra de forma clara o seu começo e fim, ou mesmo se as bordas não têm uma definição clara é bom ficar atento, pois pode ser sinal de uma pinta perigosa, já que as pintas que são benignas são bem definidas. Vale ressaltar que se existem casos de câncer de pele na família é importante manter a atenção e manter consultas regulares ao dermatologista.

Com informações do site: 1NEWS