sábado, 20 de novembro de 2021

Agiotas são presos ao serem flagrados "caçando" clientes


 
Foto: Reprodução
Dois agiotas estrangeiros, de 26 e 28 anos, foram presos no início da noite desta quinta-feira (18), depois de serem flagrados pela Polícia Militar caçando pessoas para emprestar dinheiro, em frente à agência bancária localizada na Avenida Gunter Hans, no Bairro Aero Rancho.

De acordo com o registro de ocorrência feito pela PM, a equipe realizava rondas na região, quando viu os dois homens em atitude suspeita próximos ao Banco do Brasil. Eles ficaram nervosos ao verem a viatura, então foram abordados.

Os homens disseram aos policiais que eram estrangeiros e estariam legalmente no Brasil. Com 150 cartões de visita, utilizando nomes falsos neles, confessaram que emprestam dinheiro com juros de 20% e estariam no local para encontrar clientes. Eles já teriam emprestado R$ 10 mil a diversas pessoas em Campo Grande.

Há cerca de 30 dias, os dois saíram de Dourados, a 233 quilômetros da Capital, onde foram descobertos e respondem processo por agiotagem. Com um deles, de 26 anos, foi encontrada a quantia de R$ 67 em dinheiro, já o outro relatou que possui em sua conta aproximadamente R$ 30 mil, valor destinado à agiotagem.

Vale ressaltar que emprestar dinheiro a juros excessivos, superiores àqueles legalmente permitidos em lei, é considerado crime contra a economia popular, denominado usura pecuniária ou real. Os estrangeiros foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada).

Com informações do site: CGN