quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Avô e neta esperavam encontro com Marília, mas amor virou tatuagem


 
Foto: Reprodução
A expectativa e felicidade por saber que em breve veria pessoalmente a cantora favorita cantar era sem precedentes. Quando os ingressos da Expo MS para o show da Marília Mendonça foram liberados, Kariny Ferreira de Oliveira, 20 anos, não perdeu tempo e comprou na hora. Semanas depois, no dia 5 de novembro, a estudante recebeu a notícia que deixou o País estarrecido.

“Pare o avião, meu grande amor está aí” é a frase que hoje está gravada no antebraço direito da jovem. A homenagem, impressa no corpo em 11 de novembro, foi a forma que ela encontrou de simbolizar o amor que nutre pela Marília. 

A frase faz referência à canção “Pare o Avião” e tem um significado trágico hoje, pela coincidência infeliz com a forma como a compositora morreu. Mas é especial para Kariny. “Foi um jeito que encontrei de sentir ela próxima e poder compartilhar com as pessoas o quanto ela é especial pra mim. A letra é da primeira música que escutei, que fez um sentido enorme em tudo que aconteceu”, conta.

Fã desde os 12 anos, a estudante teve contato com a “rainha” pela primeira vez em uma reportagem na televisão. Desde então, nunca deixou de acompanhar os passos e a carreira da Marília. “Eu estava assistindo o jornal, vi que o pessoal estava elogiando ela e super apaixonei, procurei depois e comecei a gostar de tudo nela”, diz.


Neta e o avô já tinham ingressos para show de Marília Mendonça em Campo Grande. (Foto: Arquivo Pessoal)
Em dezembro, a expectativa da estudante se baseava em finalmente conseguir conhecer a artista e tirar uma foto ao lado dela antes ou depois do show, em Campo Grande.

O mesmo desejo não tinha sido realizado nos últimos três shows que frequentou, mesmo ficando perto do palco. “Ela sempre olhava para mim e fazia algum gesto. Dessa vez, acho que ia conseguir conhecer ela”, diz. 

Com informações do site: campograndenews