sábado, 20 de novembro de 2021

Casal é preso por torturar e arrancar parte da orelha de menino autista com alicate


 
Foto: Reprodução
Um casal foi preso, temporariamente, acusado de torturar e espancar um menino autista, de 8 anos, em Sorocaba (SP). A criança desapareceu na noite de domingo (14/11) e foi encontrada na madrugada de segunda (15) em um matagal.
 
Câmeras de segurança de uma rua registraram quando o menino andou até a calçada da residência do agressores. Nas imagens, é possível ver o momento em que ele mexe em algumas caixas, que estavam em frente à casa dos suspeitos.

Depois, o morador aparece e persegue a criança, que é puxada pelo braço no meio da rua. A sessão de tortura por parte dos criminosos durou pelo menos 6 horas. Em depoimento, eles alegaram que acreditaram que a vítima queria furtar a câmera.

“O garoto tinha pedido uma caneta para a mãe, e logo saiu de casa, sem a família saber, para procurar caneta e parou na casa do suspeito. Ele queria corrigir a câmera torta, e neste momento, o autor saiu da casa e o pegou”, detalhou a delegada Ana Luiza Carvalho.

De acordo com a polícia, o menino foi agredido com um pedaço de madeira na cabeça e no corpo. Um alicate também teria sido usado para tirar parte de sua orelha. Ele também tinha ferimentos pelo corpo causados por facão e chegou a ser dopado.
 
O casal foi indiciado por tentativa de homicídio qualificado, tortura, posse ilegal de arma, por manter cerca de 30 botijões de gás em casa, por pássaros em cativeiro e jogo de azar, já que na residência havia ainda duas máquinas caça-níquel.

Com informações do site: AGÊNCIAS