quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Celebridades e políticos antivacina são convidados a visitarem hospitais na Rússia.


 
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (24/11), celebridades e políticos contrários às vacinas foram convidados por médicos renomados a visitarem hospitais que atendem pacientes com Covid-19, na Rússia.

Na carta aberta, os profissionais de saúde dizem acreditar que o convite pode fazer os visitantes mudarem de opinião e, assim, “menos pessoas morram”.

“Já que muitas pessoas leem e escutam você, vamos encontrar tempo para organizar uma sua visita às ‘zonas vermelhas’, às unidades de cuidados intensivos e ao departamento de patologia”, escrevem os médicos.



“Esperamos que a autoridade de quem assinou a cara vai ajudar algumas dessas pessoas a mudarem seus pontos de vista.”

Até o momento, apenas 37,2% da população russa está vacinada, segundo o site Gogov. Com o baixo índice de vacinação, o país tem registrado mais de mil mortes diárias pela Covid-19. Além disso, casos de uma nova variante do coronavírus, identificada como AY.4.2 e considerada ainda mais contagiosa do que a variante Delta.


Com informações do site: metropoles