quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Estagiários se confundem e cortam órgão genital de bebê em vez de cordão umbilical


 
Foto: Reprodução
Estudantes de medicina do México foram protagonistas de uma das cenas mais bizarras e chocantes dos últimos tempos. Eles confundiram o órgão genital de um bebê recém-nascido com seu cordão umbilical e quase deceparam o órgão intimo da criança.
 
Para piorar a situação, os estudantes tentaram consertar o erro com uma nova cirurgia de emergência, inventando desculpas esfarrapadas para os pais do bebê. A questão é que, nessa nova intervenção, eles machucaram mais ainda a criança.

“Quando começaram a costurar meu filho, eles causaram duas novas lesões com quase dois centímetros de profundidade”, afirmou Diego Izaguirre, pai da criança. A mãe demonstrava a mesma fúria: “Isso não podia ter acontecido, o hospital tinha que ter destacado um ginecologista e não estagiários para cuidar de mim e do meu filho”, disse Zulem Contreras.

O hospital, porém, afirma que “de acordo com as informações disponíveis, durante o trabalho de parto, ao se cortar o cordão umbilical, o prepúcio lesionou-se, e a situação foi corrigida com o procedimento habitual de circuncisão”. Agora, autoridades mexicanas investigam o caso para poder descobrir qual a verdade nele.

Com informações do site: COMUNIDADE F7