close

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Filha do piloto de avião que levava Marília Mendonça aciona a Justiça e abre processo


 
Foto: Reprodução
A morte da cantora Marília Mendonça, após acidente de avião em Caratinga, interior de Minas Gerais, continua sendo um assunto bastante comentado. O acidente fatal aconteceu no dia 5 de novembro. Além da cantora, as outras quatro pessoas que estavam na aeronave morreram. Laudo preliminar do IML apontou múltiplas fraturas como causa da morte dos ocupantes do avião. A morte teria acontecido instantaneamente.


O avião era pilotado por Geraldo Medeiros Júnior. Após o acidente, a família do piloto chegou a receber mensagens de ódio nas redes sociais em que o homem de 56 anos era acusado pela morte de Marília Mendonça. Vitória Medeiros, filha de Geraldo, tomou atitude e vai processar a Cemig, empresa de energia de Minas Gerais.

O avião bimotor pilotado por Geraldo se chocou contra um cabo de alta tensão da empresa momentos antes do acidente. Somente a investigação vai mostrar se essa batida, confirmada pela Cemig, foi fundamental para a queda da aeronave bimotor.


Com informações do site: tvprime