terça-feira, 2 de novembro de 2021

Jovem de 20 anos morre ao tentar aborto no 7º mês de gestação


 


Foto: Reprodução

A jovem Ana Carolina Pereira Pinto morreu aos 20 anos em Votorantim, no interior de São Paulo, depois de tentar um aborto aos sete meses de gravidez. O acidente aconteceu depois que ela planejou junto com o namorado, de 22, o fim da gestação por meio de um "kit abortivo". As informações são da Record TV.

O caso foi registrado na Polícia Civil de Votorantim, que prendeu o namorado da jovem em flagrante por crime contra a vida. Aos policiais, o namorado de Ana Carolina contou que a jovem descobriu a gravidez aos seis meses de gestação. Ela chegou a fazer um exame de ultrassom e soube que esperava um menino.

Com medo da reação das famílias, os jovens optaram por um aborto. Segundo o namorado, a jovem comprou pela internet um "kit abortivo". Eles pagaram R$ 1.400 via Pix pelo produto, composto de quatro injeções, que tiveram a aplicação orientada pela técnica que vendeu o kit. 

A aplicação foi feita em uma pousada em Sorocaba, cidade próxima a Votorantim. Um dia depois de tomar as injeções, Ana Carolina passou mal e teve diarreia, cólica e vômitos. Ela quis contar aos pais o que estava acontecendo, mas foi aconselhada pelo namorado a esperar mais um pouco. 

Na mesma noite, Ana sentiu que sua bolsa havia estourado e pediu ajuda ao namorado. Ela tentou conversar com a técnica que havia orientado as aplicações, mas não teve resposta. A jovem foi encontrada morta pela mãe na madrugada. 


O namorado da vítima será investigado em liberdade, já que cedeu o aparelho celular, colaborou com os policiais no depoimento e não tem antecedentes criminais.

Agora, a perícia da Polícia Civil vai apontar qual foi a medicação usada pela jovem. O próximo passo será tentar descobrir quem vendeu o kit.


Com informações do site: R7