quinta-feira, 25 de novembro de 2021

MP denuncia jogador que agrediu árbitro em partida da Divisão de Acesso


 
Foto: Reprodução
O Ministério Público (MP) de Venâncio Aires efetuou a denúncia contra o jogador que agrediu a cabeça de um árbitro em outubro, na disputa entre os times de Guarani de Venâncio Aires e o São Paulo de Rio Grande, pela Divisão de Acesso. O promotor de justiça Pedro Rui da Fontoura Porto foi quem protocolou a denúncia contra o meia-atacante William Ribeiro, da equipe do São Paulo-RG, nesta quarta, qualificada por tentativa de homicídio e motivo fútil.

A vítima, o árbitro de Santa Maria Rodrigo Crivellaro, sofreu um soco no rosto e um chute na região da cabeça e precisou ser encaminhado ao hospital durante a partida. Segundo o documento assinado pelo promotor, a agressão fez a vítima ficar desacordada no gramado, o que poderia ter ocasionado dado na morte: "O denunciado, atleta profissional, não só criou como também assumiu o risco de produzir o resultado morte, que somente não se consumou por circunstâncias alheias, devido à pronta intervenção de outros atletas e autoridades e, notadamente, ao rápido e eficaz atendimento médico", detalhou Porto.

RELEMBRE O CASO

A agressão ocorreu no dia 4 de outubro, durante a partida que ocorria no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires. O jogo precisou ser paralisado aos 14 minutos do segundo tempo e só continuou no dia seguinte.

O jogador William Ribeiro foi demitido do São Paulo-RG e suspenso do esporte por um período de dois anos, punição máxima no âmbito esportivo. A decisão foi tomada por unanimidade pelos auditores do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS).

Reveja o vídeo da agressão abaixo:


Com informações do site: BEI