domingo, 14 de novembro de 2021

Pai é preso suspeito de estuprar as seis filhas


 
Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu um agricultor de 44 anos suspeito de estuprar as seis filhas. A prisão ocorreu na zona rural do município de Assis Brasil, no interior do Acre. A polícia informou que o homem foi preso na última semana, mas que os agentes já haviam tentado prendê-lo, mas, na primeira tentativa, ele conseguiu fugir pela mata.

O pai foi preso após a polícia receber uma denúncia da filha mais velha, de 27 anos, que relatou os abusos e afirmou que ocorriam quando ela ainda era adolescente. Depois, a outra irmã, que também já é maior de idade, criou coragem e contou à polícia que também sofreu abusos do pai.

Depois da denúncia, a Polícia Civil iniciou um inquérito para apurar o caso e, ao levantar informações, o delegado Erick Maciel, responsável pelas investigações, pediu a prisão preventiva do suspeito.

“Foi a filha mais velha quem fez a denúncia e relatou os abusos de quando ela tinha por volta de 13 anos. Após a denúncia, a outra filha também relatou. Esta segunda foi bem mais grave, porque ela foi embora para Rio Branco e ele foi atrás”, contou o delegado.

Maciel não informou a idade das outras quatro meninas e pontuou que a preocupação é que ele tivesse abusando delas, porém, o exame de conjunção carnal deu negativo, mas uma das adolescentes contou que ele havia tocado ela.

“Tem mais quatro filhas e uma delas, nessa mesma faixa etária, falou ao psicólogo que ele tinha [abusado], mas não ficou constada a conjunção carnal destas outras adolescentes. Então, começou assim, a mais velha denunciou e a outra se encorajou, que hoje tem 21 anos, e as duas relataram que os abusos começaram na fase da adolescência. Então, não é uma coisa recente”, acrescentou.

As quatro filhas estão com a mãe, que é casada com o agricultor, e são acompanhadas por psicólogo. Maciel disse ainda que o suspeito aproveitava quando a mãe das meninas saía para a cidade, devido ser um local distante, para cometer os abusos.

“Não teve conjunção carnal destas quatro e a gente fica até aliviado. Mas, uma relatou que ele começou a tocá-la, já foi o ato libidinoso. Ela [irmã mais velha] se preocupou que as outras irmãs estavam chegando na idade que ele fez com ela. Então, preocupada, com medo de as irmãs passarem pelo que ela passou, porque não foi uma coisa esporádica, ele a violentava sempre que tinha oportunidade durante toda a adolescência ela e a irmã”, afirmou.

O delegado informou ainda que o agricultor foi ouvido, mas negou as acusações. Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Rio Branco.

Com informações do site:  mceara