quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Polícia descarta estupro de bebê que chegou morto à UPA e divulga causa da morte


 
Foto: Reprodução
A Polícia Civil descartou que o bebê de oito meses, que deu entrada morto na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jacintinho, em Maceió, tenha sido abusado sexualmente. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (17/11).

A informação foi divulgada pelo delegado Ronilson Medeiros, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele afirmou ao TNH1 que os pais da criança foram ouvidos na delegacia, que não houve crime e que foi descartado abuso sexual.

Questionado sobre a suposta violência, o delegado disse que “a morte clínica foi confirmada” pelo médico que prestou atendimento ao bebê. “Desde o início, o médico que atendeu confirmou que não houve violência. Não sabemos de onde saiu essa história.”

No entanto, a Polícia Civil aguarda o resultado da necropsia para saber o que levou a criança à morte. Por enquanto, o caso está com a DHPP. Mas, a depender do resultado do exame, pode ser encaminhado para uma delegacia distrital.

Com informações do site:br104