segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Homem-Aranha desce de trenzinho da alegria e enforca criança


 
Foto: Reprodução
O personagens dos quadrinhos Homem-Aranha é amado pelas crianças e até por muitos adultos por ser um super-herói benevolente e que salva outros personagens do mal, mas em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri de Minas Gerais, um homem que estava vestido com a roupa do Homem-Aranha protagonizou uma cena bem avessa ao que se espera do personagem quando enforcou um menino de 12 anos. 

O caso aconteceu no último domingo (12) e um vídeo gravado no momento da agressão e publicado nas redes sociais está gerando bastante polêmica na internet. Nas imagens, o Homem-Aranha desce de um trenzinho da alegria e enforca um menino que está atrás do veículo de bicicleta e o derruba no chão.  O caso foi parar na Polícia Militar e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado. 

Nas imagens é possível ouvir o Homem-Aranha repetindo a frase: “não te falei”, enquanto enforca e derruba o garoto que responde algo que não é possível de ouvir. De dentro de um carro, outras crianças gritam e uma mulher fala: “uh gente, tem criança aqui”. 

O que dizem os familiares da criança 
No registro policial, os tios da vítima contam que estavam dentro do trenzinho e que o menino estava seguindo de bicicleta. Segundo eles, quando o Homem-Aranha desceu para fazer as danças e brincadeiras fora do veículo, ele partiu para cima do garoto. Os familiares da vítima desceram do trenzinho e agrediram o personagem.

O que diz o Homem-Aranha 
O suspeito de enforcar a criança, de 22 anos, relatou que o menino estava “pegando traseira” no trenzinho da alegria e que já tinha advertido ele por diversas vezes sobre os perigos. Ainda de acordo com ele, o menino o atropelou em determinado momento e, por isso, ele teria enforcado o garoto. O TCO lavrado pela Polícia Militar foi entregue para a Polícia Civil para investigações. 

O que diz a empresa do trenzinho
Diante o incidente propagado neste domingo, 12 de dezembro de 2021 no Trenzinho, o grupo Trem Mineiro Diversões informa que todos os protocolos legais estão sendo tomados.

Ressaltamos que a nossa empresa preza pela qualidade no serviço, cordialidade e apreço por todos os clientes, com instruções, treinamentos e todo apoio quanto a execução do trabalho, e reafirmamos que foi um fato isolado. Um desvio de conduta.

O Trem Mineiro que presta serviços na cidade há mais de 35 anos e é referencia no entretenimento infantil e cultural e *NÃO compactua com qualquer prática que viola o respeito com quaisquer pessoas.*

– O animador em questão estava executando seu trabalho ao perceber que um jovem ciclista seguia o Trenzinho pela direita , paralelamente cercando os animadores, dificultando o trabalho dos mesmos. O jovem foi advertido pela segurança várias vezes mas não atendeu a ordenação, pois tais atitudes colocava em risco os colaboradores e o próprio ciclista, assim como acompanhamos um episódios fatal desse formato recentemente na cidade de Ipatinga. Assim, no calor do embalo o colaborador tenta advertir o garoto de forma boçal – errônea- sucedendo o incidente.

Então o estado de alerta estava redobrado diante desses acontecimentos.
Na oportunidade informamos que o funcionário sempre apresentou boa conduta, também apresenta boas referências em outra empresa que presta serviços há mais de cinco anos, sempre com conduta virtuosa.
Desejemos que tudo seja esclarecido e que todas as partes resolvam-se de forma afável.O personagens dos quadrinhos Homem-Aranha é amado pelas crianças e até por muitos adultos por ser um super-herói benevolente e que salva outros personagens do mal, mas em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri de Minas Gerais, um homem que estava vestido com a roupa do Homem-Aranha protagonizou uma cena bem avessa ao que se espera do personagem quando enforcou um menino de 12 anos. 

O caso aconteceu no último domingo (12) e um vídeo gravado no momento da agressão e publicado nas redes sociais está gerando bastante polêmica na internet. Nas imagens, o Homem-Aranha desce de um trenzinho da alegria e enforca um menino que está atrás do veículo de bicicleta e o derruba no chão.  O caso foi parar na Polícia Militar e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado. 

Nas imagens é possível ouvir o Homem-Aranha repetindo a frase: “não te falei”, enquanto enforca e derruba o garoto que responde algo que não é possível de ouvir. De dentro de um carro, outras crianças gritam e uma mulher fala: “uh gente, tem criança aqui”. 

O que dizem os familiares da criança 
No registro policial, os tios da vítima contam que estavam dentro do trenzinho e que o menino estava seguindo de bicicleta. Segundo eles, quando o Homem-Aranha desceu para fazer as danças e brincadeiras fora do veículo, ele partiu para cima do garoto. Os familiares da vítima desceram do trenzinho e agrediram o personagem.

O que diz o Homem-Aranha 
O suspeito de enforcar a criança, de 22 anos, relatou que o menino estava “pegando traseira” no trenzinho da alegria e que já tinha advertido ele por diversas vezes sobre os perigos. Ainda de acordo com ele, o menino o atropelou em determinado momento e, por isso, ele teria enforcado o garoto. O TCO lavrado pela Polícia Militar foi entregue para a Polícia Civil para investigações. 

O que diz a empresa do trenzinho
Diante o incidente propagado neste domingo, 12 de dezembro de 2021 no Trenzinho, o grupo Trem Mineiro Diversões informa que todos os protocolos legais estão sendo tomados.

Ressaltamos que a nossa empresa preza pela qualidade no serviço, cordialidade e apreço por todos os clientes, com instruções, treinamentos e todo apoio quanto a execução do trabalho, e reafirmamos que foi um fato isolado. Um desvio de conduta.

O Trem Mineiro que presta serviços na cidade há mais de 35 anos e é referencia no entretenimento infantil e cultural e *NÃO compactua com qualquer prática que viola o respeito com quaisquer pessoas.*

– O animador em questão estava executando seu trabalho ao perceber que um jovem ciclista seguia o Trenzinho pela direita , paralelamente cercando os animadores, dificultando o trabalho dos mesmos. O jovem foi advertido pela segurança várias vezes mas não atendeu a ordenação, pois tais atitudes colocava em risco os colaboradores e o próprio ciclista, assim como acompanhamos um episódios fatal desse formato recentemente na cidade de Ipatinga. Assim, no calor do embalo o colaborador tenta advertir o garoto de forma boçal – errônea- sucedendo o incidente.

Então o estado de alerta estava redobrado diante desses acontecimentos.
Na oportunidade informamos que o funcionário sempre apresentou boa conduta, também apresenta boas referências em outra empresa que presta serviços há mais de cinco anos, sempre com conduta virtuosa.
Desejemos que tudo seja esclarecido e que todas as partes resolvam-se de forma afável.

Com informações do site: observatoriomanaus