segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Homem se passa por médico e realiza mais de 400 exames ginecológicos pela internet


 
Foto: Reprodução
Na Itália, a polícia foi até a residência de um homem que está sendo acusado de fingir ser ginecologista para ficar persuadindo as mulheres. A suspeita é de que o sujeito teria feito mais de 400 exames ginecológicos e agora as vítimas estão chocadas.

Ele usava um link na internet para fazer com que suas vítimas pudessem ser observadas e gravava tudo, agora a polícia está investigando o caso para saber se as imagens foram repassadas a outras pessoas.

Na cidade de Bari, sul da Itália, a polícia já apreendeu diversos celulares e também alguns cartões de memória. O homem de 40 anos não teve a identidade revelada até o momento. Depois que algumas mulheres entraram em contato com a polícia fazendo a denúncia, o sujeito passou a ter as ligações grampeadas.

De acordo com os investigadores, o italiano chegou a entrar em contato por telefone com mulheres que recentemente, fizeram exames em clínicas por diversas cidades do país. Para enganá-las, o golpista dizia que a paciente foi diagnosticada com ‘infecções vaginais’ e por isso precisaria passar por um exame online.

Desta forma, o homem conseguia persuadir as mulheres e submetê-las a um exame ginecológico online. De acordo com o jornal La Repubblica, foram mais de 400 mulheres que acabaram sendo enganadas, mas esse número pode ser ainda maior.

“Ele se apresentou como médico. Ele sabia minha data e local de nascimento e me perguntou se eu tinha feito um check-up ginecológico nos últimos meses”, informou uma das mulheres enganadas. Ela contou que o sujeito fez perguntas pessoais e depois disse para que ela iniciasse a videochamada pelo Zoom ou Hangout, para que pudesse fazer um suposto diagnóstico.

Com informações do site: 1news