quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Andar na ponta dos pés e mais 9 sinais que podem indicar autismo e os pais não devem jamais ignorar


 


Foto: Reprodução

O TEA – Transtorno do Espectro Autista – normalmente surge nos primeiros anos de vida. O diagnóstico precoce da condição é algo extremamente importante para o desenvolvimento de longo prazo da criança. Portanto, é fundamental estar atento aos sinais que o pequeno dá que pode indicar que ele tenha autismo.

O tema tem sido bastante debatido, especialmente por quem passa pela situação, como é o caso do apresentador Marcos Mion, que é pai do jovem Romeo. O famoso sempre usa as suas redes sociais para poder abordar assuntos relacionados ao autismo e, assim, conscientizar outras pessoas sobre o tema.

Vale ressaltar que, no caso de desconfiança, é importante buscar ajuda de um médico, pois somente o profissional pode dar o diagnóstico correto para a criança.

Bater palmas
É normal os pequenos baterem palmas até os três aninhos, porém as crianças com autismo acabam continuando com esse tipo de comportamento até mais velhos. Esse tipo de comportamento no autista ocorre quando existe uma grande estimulação sensível no ambiente.

Bater a cabeça
A criança autista pode se envolver em outro tipo de comportamento repetitivo prejudicial, que é bater a cabeça contra superfícies. Para tentar restringir esse tipo de atitude, uma dica é distrair o pequeno com outro estímulo.

Birras sem motivo
A maioria dos pais já passou por esse tipo de situação em que o filho faz birra, gritando e chorando em público. No entanto, no caso do autista isso ocorre devido à sobrecarga de estímulos.

Falta de resposta
Muitas vezes os pais pensam que o filho tem algum tipo de problema auditivo, mas, nos autistas, a falta de resposta tem mais relação com ser retraído e/ou distraído, do que não estar escutando. Pessoas com a condição ouvem demais, mas é algo difícil conseguir filtrar os sons e interagir.

Agressividade extrema
Crianças brigam, mas aquelas que têm autismo costumam fazer isso de uma maneira como se estivesse gostando e podem até mesmo atacar a si mesmos. Segundo informação da Raising Children, uma organização que tem apoio do governo da Austrália, os autistas podem ficar agressivos em determinadas situações.

Obsessão com objetos
Por exemplo, uma criança que fica despejando líquidos de uma xícara para outra. A maior parte dos pequenos gosta de brincar com líquidos, porém quem tem a condição esse tipo de brincadeira pode acabar se tornando uma obsessão.

Evitam olhar nos olhos
Um sinal característico é que a criança autista evita ter contato visual, sendo alto que pode persistir durante a vida toda, mesmo quando chega a fase adulta.

Caminhar na ponta dos pés
Os pequenos gostam disso, mas é importante observar quantas vezes esse tipo de atitude é repetida, pode ser um indício de autismo.

Falta de linguagem e comunicação
Se o seu filho tem três anos de idade ou mais e fala pouco, isso pode ser indicativo de autismo. A falta da comunicação não tem ligação direta com a condição, mas não deixa de ser um alerta aos pais.

Esses são alguns sinais que podem ser indicativo de autismo na criança, porém somente o médico pode diagnosticar corretamente. Em caso de dúvida, busque a ajuda de um profissional.

Com informações do site: 1news