sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Mulher provocou o incêndio para morrer junto com os filhos, diz Polícia


 

Foto: Reprodução
Uma mulher morreu em um incêndio no começo da manhã da quarta-feira, dia 5, no Bairro Moinhos d’ Água em Lajeado. Ela estava na casa com duas crianças, que conseguiram sair correndo e pediram socorro.

O fato ocorreu na Rua Zeno Schmatz. Populares informaram aos Bombeiros que a casa estava queimando e a mulher não teria conseguido sair do local. O Corpo de Bombeiros Militar de Lajeado atendeu a ocorrência e combateu as chamas rapidamente, mas não foi possível resgatar a vítima.

De acordo  com os delegados Humberto Mesa Roehrig e Márcio Moreno, a mulher provocou o incêndio para morrer junto aos filhos. Ela não teria aceitado o fim do relacionamento, conturbado há meses.

Nesta quarta-feira (5) ela levou os filhos para o quarto da casa, jogou álcool nela e nas crianças e depois ateou fogo. Ela morreu no local e as crianças conseguiram fugir, porém foram resgatadas gravemente feridas.

O menino de 12 anos teve 80% do corpo queimado e foi levado entubado em estado grave pelo SAMU para o HPS em Porto Alegre. E a menina de 7 anos teve 30% do corpo queimado e foi levada pela emergência da União Assistencial para o hospital em Porto Alegre. Ambos seguem internados em estado grave.

O primeiro socorro foi dado pelos vizinhos que socorreram as crianças assim que elas saíram gritando da casa. Eles logo foram levados para atendimento na UPA de Lajeado, que fez o encaminhamento com urgência para Porto Alegre. O Corpo de Bombeiros Militar de Lajeado e o SAMU chegaram logo em seguida, mas não foi possível resgatar a mulher.

Com informações do site: CLIC CAMAQUÃ